Grandes nomes da ciência brasileira



Apresento aqui uma lista em construção dos grandes nomes da ciência brasileira. Recomendações e críticas podem ser feitas na forma de comentário em qualquer postagem.


Alberto Santos Dumont (inventor)
Artur Avila (matemático)
Celso Grebogi (físico)
Cesar Lattes (físico)
Carlos Chagas (médico)
Constantino Tsallis (físico)
Crodowaldo Pavan (geneticista)
Francisco Doria (físico)
George Matsas (físico)
Jacob Palis (matemático)
Jairton Dupont (químico)
Joaquim Gomes de Souza (matemático)
José Leite Lopes (físico)
José Murilo de Carvalho (historiador)
José Onuchic (bio-físico)
Leopoldo Nachbin (matemático)
Marcelo Gleiser (físico)
Mario Novello (físico)
Mario Schoenberg (físico)
Mauricio Peixoto (matemático)
Miguel Nicolelis (neurologista)
Milton Santos (geógrafo)
Newton da Costa (lógico)
Newton Freire Maia (geneticista)
Oscar Sala (físico)
Oswaldo Cruz (médico)
Otávio Bueno (filósofo)
Peter Medawar (biólogo)
Waldyr Rodrigues, Jr. (físico)
Você

11 comentários:

  1. Faltou só José Leite Lopes. Ao meu ver ele, junto com Lattes, foram o grande nome da física no Brasil. Também colocaria o física George Matsas, acredito que ele seja o grande nome da TG hoje no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato pelas dicas, Fernando. Em breve atualizarei esta lista.

      Excluir
    2. Eu que agradeço professor por ter levado em consideração. :)

      Excluir
  2. Será que Gilberto Freyre não merece um espaço nessa lista?

    Em 2008, Peter Burke, renomado historiador britânico, junto com sua mulher, a historiadora brasileira Maria Lúcia Garcia Pallares-Burke, publicou o livro "Gilberto Freyre: Social Theory in the Tropics (The Past in the Present)" (Oxford).
    Outros estudos sobre as ideias de Freyre podem ser vistos aqui numa pequena lista: http://en.wikipedia.org/wiki/Gilberto_Freyre

    A despeito dos próprios preconceitos, e da difusão de algumas ideias questionáveis, ele é um autor de referência em várias áreas de estudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado, Ítalo. Pensarei com cuidado em sua sugestão. Grato.

      Excluir
  3. Professor Adonai, senti falta de alguns nomes das ciências humanas.
    Como Paulo Freire, pedagogo respeitado internacionalmente, e José Marques de Melo, primeiro teórico a esboçar o campo de estudos da Comunicação Social no Brasil, além dos cursos de graduação em Jornalismo.
    Ainda que não seja uma disciplina acadêmica, creio que a área de comunicação é rica e estratégica para uma séria de questões políticas e sociais.

    Edson Nova
    @edsonnova

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O comunista fascista Paulo Freire ensinou muita gente a "não pensar".

      Rest in hell !!!
      .

      Excluir
  4. Sugestões:
    * José Onuchic https://scholar.google.com.br/citations?user=i0LZR2gAAAAJ&hl=pt-BR&oi=sra
    * Djairo Guedes de Figueiredo https://scholar.google.com.br/scholar?q=D.+G.+De+Figueiredo&btnG=&hl=pt-BR&as_sdt=0%2C5
    * Ricardo Mañé https://scholar.google.com.br/scholar?q=Ricardo+Mañé&btnG=&hl=pt-BR&as_sdt=0%2C5

    ResponderExcluir
  5. Jairton Dupont https://scholar.google.com.br/citations?user=4d-BTqoAAAAJ&hl=pt-BR&oi=ao

    ResponderExcluir
  6. Seria interessante também uma lista com os maiores em atividade, incluindo mesmo os que talvez não poderiam entrar na lista dos maiores de todos os tempos. O povo sabe quem são os jogadores de futebol brasileiros em atividade, pelo menos os da seleção e do brasileirão, mas não sabe quem são os cientistas brasileiros em atividade. Eu mesmo que estou sempre buscando me informar a respeito disso, só consegui lembrar de dois agora há pouco (sem contar os que já estão na lista deste post): O biólogo Dario S. Zamboni e o matemático Fernando Codá Marques (ambos membros da Academia Brasileira de Ciências, são jovens já com contribuições significativas, sendo assim grandes promessas acadêmicas ao meu ver). Um abraço e tudo de bom para ti, professor Adonai! (Roberto C. Scheuermann)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roberto

      Sugestões ótimas as suas. Vale lembrar que conheci profissionais de altíssimo nível na área de ciências exatas que nunca ouviram falar, por exemplo, de Celso Grebogi. Ou seja, não é a apenas o povo que desconhece os nomes importantes da ciência de nosso país. A cultura do isolamento é algo muito forte no Brasil. Pensarei com cuidado a respeito de suas sugestões. Grato pelo apoio.

      Excluir

Respostas a comentários dirigidos ao Administrador demoram usualmente até três dias.